Os segredos do marketing na contabilidade virtual

Contabilidade virtual

Na era da contabilidade virtual, marcar presença deixou de ser um diferencial para se tornar condição obrigatória. Se antes valia o “quem não é visto, não é lembrado”, agora a expressão da moda é “quem não está no Google, não existe”. Qual a estratégia de marketing da sua empresa?

O marketing na era da contabilidade virtual

A contabilidade é digital. Hoje, você atende seus clientes via Skype, Hangouts e WhatsApp. Importa arquivos do cliente através da integração entre sistemas. Armazena informações na nuvem, com total segurança. Por que, então, não usaria a internet para fazer marketing?

Como destacamos no início deste artigo, há não muito tempo o marketing digital era um diferencial competitivo em empresas contábeis. Quem tinha um site responsivo, com visualização adaptável a qualquer dispositivo, era um visionário. Quem mantinha um blog atualizado e com conteúdo rico, era exceção. E quem sabia conquistar clientes pelo Google, uma raridade.

Hoje, tudo mudou. E na era da contabilidade virtual, se você não atende a essas condições, fatalmente vai ficar para trás.

Ao mesmo tempo em que o contador do futuro assume um novo papel, mais voltado à consultoria, também precisa inovar na forma como divulga seus serviços e conversa com seu público.

O público-alvo, aliás, virou persona. É uma microsegmentação de seus potenciais clientes. Reúne características bem específicas e homogêneas daqueles que atende. E isso permite ajustar as estratégias de marketing ao que o cliente deseja e da forma como ele gostaria de receber.

A questão é: o que é realmente essencial saber sobre marketing na contabilidade virtual? Afinal, como todo contador moderno, você tem muitas tarefas diárias para poucas mãos. São vários desafios com prioridades diferentes. E, é claro, divulgação e atração de clientes estão entre elas.

Definindo a sua estratégia de marketing

Vamos conferir agora, passo a passo, quais devem ser as suas preocupações (e suas ações) para definir a estratégia de marketing da sua empresa contábil.

1. Primeiro, a ética

O primeiro ponto de atenção sobre marketing diz respeito ao código de ética do contador. Sobre as normas, há algo do passado que se mantém na contabilidade virtual. Estamos falando do respeito aos colegas.

Seja qual for a sua ação, você precisa pegar leve na exaltação de seus serviços e da qualidade do seu trabalho. Tudo aquilo que possa ser interpretado como uma tentativa de diminuir outros contadores é vedado pelo código.

2. Faça um plano de marketing

Um plano de marketing é um instrumento que define as ações a adotar a partir da determinação de um objetivo. Ou seja, o primeiro passo para construir o documento é estabelecer o que você deseja alcançar com a estratégia.

Uma empresa contábil pode querer elevar o faturamento, aumentar a carteira de clientes, lançar um novo serviço, ter maior participação no mercado, mudar de segmento, enfim. Seja qual for a intenção, é preciso planejar.

Vamos supor que você deseje acrescentar 20% mais clientes à sua carteira em 24 meses. Como essa é uma estratégia de longo prazo, apostar no marketing de conteúdo é uma boa ideia. Então, uma meta para chegar ao objetivo é criar um blog com textos otimizados em SEO. E entre as ações, pode estar a contratação de redatores ou a terceirização da demanda.

3. Defina quais ações casam melhor com sua persona

Um ponto muito positivo da contabilidade virtual está na gama de opções para divulgar sua empresa. Se no passado a estratégia se resumia à entrega de panfletos, fôlderes e cartões de visita, além de publicidade em jornais, no meio online, as possibilidades são inúmeras.

Já falamos do site e do blog, mas não podemos esquecer da gestão de redes sociais. Pode ser Facebook, LinkedIn, Twitter, Instagram, enfim, o que se adequar melhor ao seu público. Vale ainda promover publicações nesses espaços, ou seja, anunciar. E quanto à publicidade paga, links patrocinados no Google podem complementar a estratégia.

Considere ainda a oferta de material rico, como e-books, que você pode disponibilizar gratuitamente como isca digital. É bastante útil para se conectar a potenciais clientes, chamados de leads.

A verdade é que a ação ideal é aquela que pensa com carinho na sua persona, o seu perfil de cliente ideal. Assim como acontece com os serviços que oferece, a estratégia de marketing deve conversar com ela. Você já fez o dever de casa para reconhecê-la?

4. Vale terceirizar, não abandonar

Em tempos de contabilidade virtual, você precisa do marketing, mas não tem tempo para isso. Se essa realidade não é a sua, certamente é a de muitos colegas. Você tem clientes a atender, guias a emitir, análises a realizar, planejamentos nos quais se concentrar… E agora, quem cuida do marketing?

Terceirizar a demanda é uma estratégia comum e até certo ponto inteligente. Afinal, você investe em qualidade, sem afetar o aspecto operacional da sua empresa. Vale contratar redatores para a produção de conteúdo, além de desenvolvedores web para cuidar da programação. Se cercar de especialistas é uma ótima ideia, mas com limites.

Isso significa que você não pode jogar a estratégia no colo de freelancers, por exemplo, sem se envolver minimamente com ela. Saiba o que é SEO, entenda os principais conceitos do marketing digital e suas métricas. Se não puder fazer um curso online, ao menos procure ler a respeito. Há material farto na internet.

5. Implemente, avalie e ajuste

Com seus objetivos, metas e ações devidamente previstos no plano de marketing, é hora de passar à sua execução. Conjuntamente, é preciso avaliar os resultados. Não dá para correr o risco de fazer todo um investimento e só ao final descobrir que foi mal planejado.

Para isso, conheça métricas de marketing, como o ROI (Retorno do Investimento), e taxa de conversão, que indica quantos daqueles que tiveram contato com a ação efetivamente interagiram da forma que você gostaria.

Se os resultados estiverem abaixo do planejado, identifique a origem do problema e faça os ajustes necessários.

Estude o marketing da sua empresa

A necessidade de fazer marketing – e fazer bem feito – está batendo na sua porta. Como vimos neste artigo, a contabilidade virtual exige uma estratégia de divulgação do escritório, também por via digital. É hora de aproveitar as possibilidades da internet para atrair clientes e reforçar a sua posição de autoridade no assunto. Está pronto para o desafio?

New Call-to-action

Como a sua empresa contábil tem pensado a estratégia de marketing digital? Comente!

 

Ana Luiza Whittaker

Sobre o autor do artigo

Ana Luiza Whittaker é CMO (Chief Marketing Officer). Com experiência em posições estratégica na GVT, PayPal, entre outras, atua há mais de 20 anos em comunicação e marketing,

ContaAzul 100% Gratuito para escritórios contábeis. Saiba Mais!

 

Deixe seu comentário