Frente de Caixa Online com NFC-e em uma plataforma de gestão

Emissão de NFC-e com um Frente de Caixa Online no ContaAzul, plataforma de gestão fácil de usar

Emissão online de NFC-e em um frente de caixa simples para baixo volume de notas

NFC-e em um sistema online

Na primeira fase, o Frente de Caixa Online ContaAzul funciona como uma versão simples de um sistema PDV para varejo com retaguarda. Ele permite emissão de NFC-e para 21 estados. Confira abaixo:

 

Acre (AC)

Alagoas (AL)

Amazonas (AM)

Amapá (AP)

Bahia (BA)

Distrito Federal (DF)

Espírito Santo (ES)

Goiás (GO)

Maranhão (MA)

Mato Grosso (MT)

Mato Grosso do Sul (MS)

Pará (PA)

Paraíba (PB)

Paraná (PR)

Pernambuco(PE)

Piauí (PI)

Rio de Janeiro (RJ)

Rio Grande do Norte (RN)

Rondônia (RO)

Roraima (RR)

Rio Grande do Sul (RS)

Sergipe (SE)

Tocantins (TO)

ContaAzul - Tela Visão Geral

Plataforma online de gestão: tudo em um só lugar

ContaAzul é a plataforma online fácil de usar para a gestão de sua pequena empresa. Em um só lugar, você tem tudo o que precisa para organizar sua empresa, a começar por seu contador. Tudo rápido e com suporte grátis.

Frente de caixa online fácil de usar

ContaAzul oferece um sistema de emissão online de NFC-e (nota fiscal eletrônica ao consumidor) para pequenas empresas de comércio e serviço com baixo volume de notas. Conectado a seu financeiro e a sua contabilidade, você libera tempo para cuidar de seus negócios.

NFC-e integrada a uma plataforma online de gestão

A emissão de NFC-e é toda online, dentro de uma plataforma de gestão fácil de usar, o ContaAzul. Nele você controla o cadastro de produtos e, a cada venda, tem o trabalho de lançar o pedido, sem necessidade de cadastrar clientes.

4,9 4
ContaAzul

Estamos muito felizes com a solução da ContaAzul para NFC-e e sistema de frente de caixa, principalmente em feiras e eventos. Por ser uma solução online única e integrada de gestão, podemos usar em qualquer lugar e a qualquer hora, inclusive em tablets, sem precisar de configurações específicas. Recomendamos, certamente!

Conecte todas as áreas de seu negócio

O ContaAzul facilita a organização de sua pequena empresa: libere tempo usando um único sistema.

Funcionalidades ContaAzul

Perguntas frequentes

Quais estados são atendidos pela NFC-e do Frente de Caixa Online ContaAzul?

Atualmente, o Frente de Caixa Online ContaAzul atende empresas com sede nos seguintes estados: Acre (AC), Amazonas (AM), Amapá (AP), Bahia (BA), Distrito Federal (DF), Espírito Santo (ES), Goiás (GO), Maranhão (MA), Mato Grosso (MT), Mato Grosso do Sul (MS), Pará (PA), Paraíba (PB), Rio de Janeiro (RJ), Rio Grande do Norte (RN), Rondônia (RO), Roraima (RR), Rio Grande do Sul (RS), Sergipe (SE) e Tocantins (TO).

Se sua empresa é de qualquer município de um desses estados, clique aqui para conversar com um de nossos consultores. A emissão de NFC-e na ContaAzul está disponível apenas para planos Pequeno e Médio. Saiba mais!

Sim, a funcionalidade foi liberada para os clientes do RJ e em breve será disponibilizada para os demais estados. Para saber como funciona na prática, clique aqui.

O cupom fiscal é um documento fiscal que formaliza uma venda de produto em condições específicas, como compras no varejo e em outros tipos de comércio. Ela substitui a nota fiscal de venda ao consumidor, quando emitida por impressora específica (o emissor de cupom fiscal). Via de regra, esse documento é fácil de ser reconhecido e identificado, porque traz o nome no topo do impresso. A solução da ContaAzul para essa demanda é o Frente de Caixa Online (saiba mais).

A legislação brasileira exige que o cupom seja emitido por empresas com faturamento anual igual ou superior a R$ 120 mil, com apoio de empresas credenciadas pelo Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) para vender as impressoras especiais. No caso de empresas que usam o cupom com apoio de softwares, é obrigatório, por lei, que esse programa esteja instalado no computador ou terminal.

O emissor de NFC-e online do ContaAzul funciona como um frente de caixa para baixo volume de notas diárias. Ele depende de Internet para funcionar e se aplica a Estados onde a NFC-e é regulamentada. Por enquanto, ele não atende os padrões SAT nem ECF. Fale com seu contador para saber se sua empresa pode usar.

A principal diferença é que a NF-e tem o cliente identificado, enquanto a NFC-e não precisa identificar o consumidor final. Mas vale a pena detalhar um pouco mais.

NF-e é a nota fiscal eletrônica de bens e mercadorias em que o cliente é identificado, seja pessoa jurídica (CNPJ), seja pessoa física (CPF).

No caso da NFC-e, o destinatário da nota é o consumidor final e se aplica a casos em que a legislação tributária permite a venda não identificada — ainda que, em alguns estados haja incentivo do governo para os cidadãos informarem o CPF na nota.

Sim, o ContaAzul emite nota fiscal eletrônica de diferentes tipos. Confira os tipos:

  • NF-e: Nota de venda de produtos, quando sua empresa vende um bem ou mercadoria para outra empresa ou para o consumidor final, incluindo.
    • Nota Complementar ICMS ST
    • Nota de Compra ( Substituir a nota de entrada pelo nome nota de compra)
    • Nota de Venda Consignada
    • Nota de Venda à Ordem
    • Nota de Venda para Entrega Futura
    • Nota de Venda de Industrialização
    • Nota fiscal de remessa: Envolvem movimentações de saída de mercadoria da empresa sem operação de venda
    • Nota fiscal de retorno: Envolvem justamente o inverso, a devolução o caminho de volta dos bens sem envolver o financeiro e sem incidência de impostos.
    • Nota fiscal de devolução: Usada para acompanhar mercadorias que voltam à empresa com movimentação financeira.
  • NFS-e: Nota fiscal de prestação de serviço, quando sua empresa atende outra empresa ou o consumidor final.
  • Nota fiscal de exportação: Para empresas optantes pelo Simples Nacional que vendem para o exterior, a nota fiscal tem algumas particularidades. É preciso detalhar informações de impostos na NF-e de exportação específicos desse tipo de operação

O sistema de geração de nota fiscal, integrado a vendas e ao financeiro, é simples de usar e ajuda empresas a ganhar tempo, trazendo dados de clientes, de produtos ou de serviços diretamente para o documento fiscal.

Existem atualmente três tipos de notas fiscais eletrônicas, cada uma servindo para substituir determinados documentos:

1. NF-e: A nota de produto, chamada de NF-e foi criada para substituir as notas fiscais de modelos 1 e 1A, utilizadas nas operações de venda e prestação de serviço, que está relacionado à cobrança do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

2. NFS-e: A nota fiscal de serviço, abreviada como NFS-e, foi criada para substituir a Declaração de Serviço, documento exigido pelo município e que está relacionado à cobrança do ISS (Imposto Sobre Serviço).

3. CT-e: Empresas que transportam cargas, podem usar um terceiro tipo de nota, o CT-e (Conhecimento de Transporte Eletrônico), que substitui diversos documentos exigidos para se fazer o transporte de carga (Modelos 7, 8, 9, 10, 11 e 27).

Sim. O ContaAzul utiliza a mesma segurança que os bancos online, garantindo o tráfego e armazenamento seguro de todos os dados da sua empresa.

A segurança SSL garante que todas as informações trocadas entre seu computador e os nossos servidores ocorram em total segurança. Os certificados SSL usados pelo ContaAzul são os mesmos utilizados por bancos online e o cadeado verde ao lado da barra de endereços do navegador indica que a transmissão de dados é segura.

Além disso, o ContaAzul roda no datacenter mais conhecido e respeitado do mundo, chamado Amazon Web Services (AWS). Os servidores da AWS possuem inúmeras certificações de segurança, como ISO 27001 e PCI DSS.

Sim. O ContaAzul é um sistema 100% online e isso possibilita que você acompanhe as informações da sua empresa em qualquer lugar e a qualquer momento.

Cupom fiscal e nota fiscal do consumidor são documentos diferentes, embora seja comum as pessoas usarem esses termos como se fossem iguais. Para seu cliente, ambos têm a mesma função, por isso pouca gente sabe dessa distinção. Mas para você e sua empresa de varejo, é importante entender que as diferenças.

Cupom fiscal é o documento impresso por uma caixa registradora com algumas informações pontuais sobre a venda (no máximo local, data e horário da compra, itens comprados, total a pagar, forma de pagamento, valor pago, desconto e o troco).

A NFC-e ou Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica é parte do SPED e substitui as Notas Fiscais de Venda a Consumidor, modelo 2 e o cupom fiscal emitido por impressora ECF. Em outras palavras, é a versão atual e exigida pela maior parte dos estados para faturamento de vendas ao consumidor em lojas e restaurantes, por exemplo.