Materiais Educativos

Compartilhe essa página

Glossário

Capital próprio

O que é capital próprio?

Capital próprio é nada além da diferença de tudo o que a empresa possui (que é chamado de capital ativo) e o que ela deve (que é chamado de capital passivo) para terceiros, ou seja, é o líquido patrimonial existente na empresa.

Para que serve o capital próprio?

Primeiramente, o capital próprio serve para fazer uma demonstração de como está a saúde financeira de alguma empresa. Vamos pensar em três exemplos de algumas organizações que querem melhorar sua participação no mercado comprando outras empresas. Eles olharão se a empresa tem um capital próprio se apresentando como negativo, nulo, ou positivo.

Primeira situação: podemos dizer que uma instituição não está sadia se suas dívidas são maiores que seu patrimônio. Em uma futura venda, por exemplo, esta empresa não seria tão bem vendida quanto poderia ser se ela estivesse com todas as suas contas em dia. Segunda situação: se a instituição vendesse todos os seus bens e, assim, não tivesse lucro ou prejuízo, podemos dizer que o Capital Próprio é nulo. E se esta empresa não está com a saúde tão ruim como citado no caso anterior, ela deve prestar atenção para saldar as suas dívidas e começar a finalmente lucrar. Terceira situação: a empresa modelo é aquela que se vender todos os seus matrimônios não estará em dívida, ou seja, aquela que tem um capital próprio positivo. Qual dessas empresas, se fossemos olhar apenas pelo quesito financeiro, seria melhor vendida? Não é necessário muito esforço para dizer que a última empresa seria muito mais valorizada.

Utilidade prática

Não só grandes empresários precisam entender como funciona o capital próprio, mas os indivíduos comuns também devem se interessar, pelo menos, pelo básico de economia para entender o que se passa em sua volta e como o governo administra a máquina pública e empresas estatais.