Materiais Educativos

Compartilhe essa página

Glossário

Pis

O que é PIS - Programa de Integração Social?

O PIS (Programa de Integração Social) consiste em um benefício pago pelo governo todos os anos ao trabalhador de empresa privada. Criado no ano de 1970, pela Lei Complementar n° 07/70, este beneficio tem como objetivo integrar o empregado junto ao desenvolvimento da empresa privada em que trabalha.

Até a promulgação da Constituição de 88, o PIS era pago anualmente pelo Fundo de Participação na forma de quotas proporcionais ao salário e tempo de serviço do trabalhador. Após 88, foi criado o Abono Salarial, que é a contribuição do PIS que conhecemos hoje em dia, o qual equivale a 1 salário mínimo.

Abono salarial

A bonificação é paga anualmente ao trabalhador que tenha cinco anos de cadastramento no PIS e que trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano-base.

  • O trabalhador que recebe mais de dois salários mínimos não tem direito ao abono salarial.

  • Se a empresa não repassar os dados corretamente ao Ministério do Trabalho através da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), o trabalhador poderá perder o beneficio.

Pagamento

O beneficio é pago seguindo um calendário estabelecido pela Caixa Econômica Federal, instituição que gerencia os recursos do programa. Este calendário leva em conta o mês de nascimento dos beneficiados.

  • Para sacar a bonificação, a pessoa precisa ter o Cartão Cidadão, que é fornecido pela CEF.

  • Se a pessoa já possui conta na CEF, seja corrente ou poupança, ela receberá o pagamento do beneficio adiantado por meio de crédito direto na conta.

PASEP

Muitas pessoas costumam falar PIS/PASEP, mas não sabem qual é a diferença de um para o outro. PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é um beneficio nos moldes do PIS, mas como o próprio nome diz, destina-se aos servidores públicos.

Recursos do PIS

O dinheiro usado para o pagamento do beneficio provém do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), vinculado ao Ministério do Trabalho (MT).

Não deixe de consultar o seu PIS e saber sobre seus direitos e benefícios.